À Tarde

A Esplanada semivazia no sábado à tarde.

Um cartaz verde-amarelo pedindo intervenção militar podia ser visto antes do começo do gramado do Congresso Nacional, voltado para o Itamaraty.

Aparece uma senhora me perguntando sobre se ali haveria um protesto hoje. Poucos carros, poucos ônibus, poucas pessoas. A praça da república sem os frequentadores habituais das batalhas e do skate. As nuvens eram lilases e tinha aquele clarão amarelo que sempre se vê na direção da Torre. Não se pode esquecer como a arte e os elementos da natureza se enamoram no Monumento. Danem-se os palácios. Eles e a ideia intrínseca de poder que carregam não importam. A Catedral de Brasília importa. Di Cavalcanti importa. Aquilo como abóboda modernista e os vitrais importam. O badalar pontual dos sinos às 18 horas importa. Viver numa obra de arte importa.

Brasília-DF, 27 de maio de 2018.

Catedral de Brasília-DF. Foto: Mardson Soares, 2018.
Interior da Catedral de Brasília-DF. Foto: Mardson Soares, 2018.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s